"AJUDANDO OS PAIS A ENTENDEREM MELHOR SEUS FILHOS. PAIS INFORMADOS. FILHOS MAIS FELIZES."

domingo, 19 de setembro de 2010

Responsabilidades de trabalho para o adolescente



Por Nancy Van Pelt

Antes que um astronauta esteja capacitado para viajar num veículo espacial, ele recebe instruções muito cuidadosas sobre a forma como o veículo deve ser operado. Quanto mais ele aprender e praticar, melhor astronauta será. Da mesma forma, antes que um adolescente possa assumir as responsabilidades da vida adulta, precisa aprender sobre essa vida e como vivê-Ia. Portanto, os pais sábios transformarão seus lares em laboratórios, onde cada adolescente poderá praticar a arte de viver.
Os adolescentes de ambos os sexos devem aprender a cozinhar, lavar, limpar a casa, fazer reparos simples e compras no supermercado, equilibrar o orçamento e fazer planos para eventos sociais.
É muito bom que os adolescentes tenham responsabilidades e se mantenham ativos. A um jovem de 16 anos, por exemplo, não se deve apenas deixar que lave o carro, mas que também dê sua opinião sobre a compra de um novo automóvel. Não se deve apenas pedir a um adolescente que limpe as janelas e a casa, mas que tenha voz e voto na escolha de materiais e cores que devem ser usados na decoração.
Embora os adolescentes devam participar das tarefas domésticas, os pais devem permitir que eles tenham tempo livre para realizar suas próprias atividades. Se João joga basquete nas terças-feiras à noite, não é justo que se negue esse privilégio a ele porque nessa noite ele tem de lavar os pratos. É bom fazer um programa adequado. Se o pai e a mãe o ajudarem a lavar os pratos, ele também aprenderá a ajudar os outros quando se encontrarem em necessidade.
Os pais devem dar prioridade ao adolescente que trabalha fora parte do tempo. As tarefas do lar não devem interferir, a menos que a situação no lar o requeira. O trabalho de meio período oferece ao adolescente um sentido de prestígio, e às vezes uma fonte de dinheiro pode até ajudar a definir sua carreira. Permita que o adolescente dedique gradualmente mais tempo ao trabalho e menos tempo às atividades do lar, se assim o desejar.
Durante a adolescência, a escolha do momento certo ocupa papel relevante no ensino da responsabilidade. E, de novo, relembramos que o momento mais favorável para ensinar responsabilidade ao jovem é quando ele demonstra interesse definido por certa atividade. Um jovem chegou em casa todo entusiasmado quando aprendeu a fazer um dispositivo elétrico na aula de eletricidade. Pensou que seria capaz de fazer um que abrisse a porta da garagem. O pai o incentivou para que fizesse o projeto; ambos conseguiram os materiais necessários e começaram a trabalhar na garagem durante seu tempo livre. Como o dispositivo elétrico foi um verdadeiro sucesso, pensaram em novos projetos que pudessem ser realizados com as ferramentas do pai. Dessa maneira, o filho, que nunca tinha se preocupado com o futuro, começou a pensar na carreira de eletricista ou engenheiro elétrico.
Em um estudo recente, 88% dos jovens que estavam com problemas com a lei responderam “nada” quando indagados sobre o que faziam no seu tempo livre. O trabalho caseiro, especialmente a limpeza das paredes e dos pisos, ajuda a manter a boa forma, a desenvolver os músculos e a canalizar as energias próprias da juventude e da vitalidade de um corpo em desenvolvimento. Cozinhar e costurar ajuda o jovem a se preparar para realizar os trabalhos do lar. O trabalho é a melhor disciplina que um adolescente pode ter. Ele ensina as virtudes da laboriosidade e da paciência; ajuda a escolher uma profissão para os anos seguintes; mantém o jovem ativo e livre da ociosidade e do mau comportamento; e possibilita a integridade, a confiança e o respeito próprio.

Fonte: PELT, Nancy Van. Como Formar Filhos Vencedores: Desenvolvendo o Caráter e a Personalidade. São Paulo: Casa Publicadora Brasileira, 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...